Textos e Poemas do Gonzaga Mota

68567f17bbf7406780b0830884afc7e3.png
68567f17bbf7406780b0830884afc7e3.png

POLÍTICA ECONÔMICA

WhatsApp Image 2024-06-14 at 15.56.48.jpeg

O pensamento econômico ao longo do tempo apresentou modificações significativas. Escola como a mercantilista, a clássica, a marxista, a neoclássica, a keynesiana a liberal dentre outras, mostraram a importância da filosofia e da matemática. Sem dúvida em todas as escolas destacaram-se as bases filosóficas objetivando o entendimento da realidade. 


já a matemática foi utilizada com vistas a investir relações abstratas e lógicas. Com certeza o progresso econômico e a conscientização das pessoas, motivaram o surgimento de teses na área econômica abrangendo também conceito de ordem política e social. Cientistas e estudiosos como Adam Smith, Stuart Mill, Hegel, Max Weber e mais recentemente Keynesiana e Friedman, desenvolveram teorias fundamentadas em diretrizes filosóficas, por outro lado Petty, Quesnay e Leontief, por exemplo, deram ênfase a conceitos matemáticos nas suas teses do equilíbrio econômico geral.

 

A rigor a filosofia é dialética, chegando até mesmo a ruptura. A matemática no entanto, por ser exata é lógica, possuindo normas de raciocínio. Filosofia e matemática são importantes na formulação de políticas econômicas. Vale lembrar Amatya Sen, em seu livro desenvolvimento como Liberdade, quando ressalta privações econômicas, sociais e políticas. Por sua vez, disse Celso Furtado: "

 

O debate é saber se o estado vai sobreviver no país, como suprir seu esvaziamento e que consequências esse processo terá para a sociedade". Ademais, aqueles que trabalham na vida pública não devem se preocupar apenas com o poder. Mas com o povo. É importante o exercício da democracia. Por outro lado, a coerência pragmática e de objetivos, abrangendo indicadores políticos, administrativos, economicos e sociais, leva um país ao caminho da justiça e da Liberdade, sem opressão física ou moral, mas com capacidade de entendimento ético/jurídico.

 

Gonzaga Mota
Prof. aposentado da UFC

68567f17bbf7406780b0830884afc7e3.png

Educação e Desenvolvimento

WhatsApp Image 2024-04-04 at 17.33.49 (1).jpeg

Concordamos com a idéia de que a educação deve ser proporcionada a todos por constituir um direito e uma condição para o pleno desenvolvimento da pessoa humana. Além de constituir um direito, a educação também é um dos principais fatores, senão o mais importante, do desenvolvimento dos países. É fundamental que as nações entendam, em primeiro lugar, que a educação não constitui um gasto, mas um investimento.

 

Em segundo lugar, é um investimento de longo prazo que deve expressar o compromisso de gerações e ser levado a um projeto do Estado Democrático, para além das divergências partidárias das forças políticas que momentaneamente ocupam os papéis de governo e oposição, ou seja, a educação não deve ser um programa de Governo, mas de Estado.

 

Ademais, deve-se buscar a articulação dos diversos atores sociais, somando esforços de governos, setores empresariais e trabalhistas, enfim, da sociedade em geral. Há uma evidente correlação entre os níveis educacionais, cognitivos e comportamentais, das populações e o desenvolvimento dos países.

 

Esse entendimento levou à adoção da educação como um dos fatores na construção do conhecido IDH-Índice de Desenvolvimento Humano, que tem orientado as políticas públicas em vários países e constituído importante indicador de avaliação de seus acertos ou insuficiências.

 

Resta, pois, o passo mais difícil- transformar a retórica em ações concretas e priorizar os investimentos do setor educacional, nas múltiplas dimensões do acesso, da equidade e da qualidade. Este será o caminho do desenvolvimento equilibrado, com distribuição de renda e participação de todos na riqueza das nações- o verdadeiro desenvolvimento humano. Devemos nos preocupar menos com a pobreza financeira e mais com a falta de educação. P.S. Segundo Kant: "É nos problemas da educação que assenta o grande segredo do aperfeiçoamento da humanidade".

 

 

Gonzaga Mota
Prof. aposentado da UFC

68567f17bbf7406780b0830884afc7e3.png

Tristonho

WhatsApp Image 2024-04-04 at 17.33.49 (1).jpeg

Sou um homem triste,

não encontro a minha amada.

Tento esquecer a solidão,

apesar da dor do meu coração.

Não desisto, continuo a procurar,

aquela que um dia,

com certeza, deverá acabar

minha persistente melancolia.

 

Gonzaga Mota
Prof. aposentado da UFC

Desejo

Quão belo é teu interior,

externas o sentimento do amor.

Mostrando paz e compreensão,

abres as portas do teu coração.

Desejo, um dia nele ingressar,

para te amar.

 

Gonzaga Mota
Prof. aposentado da UFC

68567f17bbf7406780b0830884afc7e3.png

Sensação dolorida

WhatsApp Image 2024-05-03 at 18.47.50.jpeg

Como dói! É difícil suportar,

não consigo viver em paz.

Sinto a  morte se aproximar, 

Reagir, não sou capar.

Peço forças ao bom Deus,

somente Ele poderar ajudar.

O desejado conforto espiritual,

com certeza não deverá faltar.

Será um sonho? Preciso acordar,

não quero pela vida passar.

Esperança, esperança: não me abandones.

 

Gonzaga Mota
Prof. aposentado da UFC

68567f17bbf7406780b0830884afc7e3.png

NATUREZA E AMOR

WhatsApp Image 2024-04-22 at 09.03.10.jpeg

A beleza dos verdes campos,
a alegria luminar do sol,
o perfume dos bons ventos,
a pureza das nuvens brancas, 
a água das nascentes, 
o cantar dos pássaros
o desabrochar das flores, 
as ondas espumantes do mar.
São coisas tão lindas quanto o desejo de te abraçar,

a vontade de te beijar e as manifestações do teu amor.

 

Gonzaga Mota
Prof. aposentado da UFC

68567f17bbf7406780b0830884afc7e3.png

Os Sonhos do Rei do Baião

WhatsApp Image 2024-04-12 at 12.23.36.jpeg

Um dos sonhos de Luiz Gonzaga, o Rei do baião, o qual podemos também chamá-lo de Governador do nordeste, era ver a construção da rodovia ligando Exu-PE ao Crato-Ce, Conseguiu o feito com os dois governadores de então, Roberto Magalhães, de Pernambuco e Gonzaga Mota, do Ceará, a Rodovia Asa Branca. 
Em agradecimento aos governadores a época, ele compôs este belo poema musical.


RODOVIA ASA BRANCA
Eu vi um dia dois homens fazer o importante trato de ligar Exu ao Crato, Pernambuco ao Ceará.
O homem de cá trabalhou, pois chegou logo primeiro e o de lá também ligeiro não dançou e chegou lá. 
Olha o homem aí gente, ele é da gente, olha o homem aí alegre e contente, olha o homem aí é o povo que diz, olha os homem juntos na eficiente jornada, com Luiz Lua Gonzaga. 
Roda rodada rodando, roda rodeia rodovia, Asa Branca tá todinha pra você. 
Olha o homem aí, é asa Branca voltando, é carreta rodando e o povo cantando junto, olha os homem aí, vocês precisavam também ver os dois homens arregaçando as mangas da camisa, abraçado em cima da divisa, Pernambuco/Ceará, naquela data tão festiva, pareciam imitar Patativa. "Cante de lá, que eu canto de cá".

 

Gonzaga Mota
Prof. aposentado da UFC

68567f17bbf7406780b0830884afc7e3.png

Poemas

do Gonzaga Mota

WhatsApp Image 2024-04-04 at 17.32.26.jpeg

REALIDADE

 

Meu sonho 
teu sonho 
nosso sonho 

Meu amor 
Teu amor 
Nosso amor 

Minha felicidade 
Tua felicidade 
Nossa felicidade 

Minha vida 
Tua vida 
Nossa vida. 

Sonho, amor, felicidade e vida; nossa linda realidade querida.

 

Gonzaga Mota
Prof. aposentado da UFC